VALORES

Dos que trago comigo desde a infância não tenho dúvidas de que o respeito ao próximo é tão prioritário quanto o mais difícil de manter.

Em todas as minhas participações em projetos pelo mundo, sempre encontrei alguma dificuldade em gerir a ansiedade dos subordinados ou Colaboradores que dependiam das decisões TI. Muitas vezes essa ansiedade transforma-se em egoísmo, na não aceitação e até na intolerância momentânea às Boas Práticas que qualquer projeto exige.

Até aqui somente os Chineses, com os quais trabalhei em Angola, conseguiram observar a paciência necessária para a boa execução. Com poucas e naturais exceções.

gallery/euro_06

VALORES

A conclusão que posso partilhar é que o tempo é parceiro e a paciência uma aliada para que o próprio Gestor não se defenda com um egoísmo mais comum e perverso.